Fórum

SAÚDE (auditoria, recursos humanos)

Compartilhe este tópico:
Tópicos [ Anterior | Próximo ]
SAÚDE (auditoria, recursos humanos)
Resposta
23/11/12 18:32
Deixo aqui uma sugestão de proposta quanto a Saúde :

Que haja um levantamento da realidade quanto a demanda reprimida de todos os encaminhamentos de procedimentos diagnósticos, clínicos e cirúrgicos e que tenha um projeto sólido com metas a curto , médio e longo prazo para sanar o problema da doença;

Que haja controle avaliação e auditoria para garantir a prevenção e promoção da saúde.

Garantia de recursos humanos para que a CGU tenha condição técnica e humana de monitorar todo território nacional sem critérios de sorteio.

Mudança de fórum
Resposta
19/11/12 10:14 em resposta a Maria Izabel Pereira Braz.
Este tópico, criado originalmente em outro fórum, foi migrado para este espaço mais adequado para a discussão do assunto em pauta.

RE: ORIENTAÇÕES PARA A FASE DE CRIAÇÃO DE PROPOSTAS
Resposta
23/11/12 18:31 em resposta a Maria Izabel Pereira Braz.
Olá, Maria Izabel!

Uma boa proposta de compromisso para o Plano de Ação do Brasil na OGP está de acordo com as perguntas orientadoras (disponíveis no Manual do Diálogo Virtual), condizer com a realidade do sistema jurídico-administrativo brasileiro, ser viáveis e se referir a ações cuja implementação seja da competência do Poder Executivo Federal, de abrangência nacional.

Sugiro que, pra disparar a discussão, você responda as que forem possíveis em relação a essa proposta referente à saúde. Que tal?

1) Que compromisso deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?
2) Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?
3) Para efetivar esse compromisso, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?
4) Como verificar se esse compromisso foi cumprido?
5) Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso – curto, médio ou longo prazo?

Outra coisa: modifiquei o título desse tópico, pra facilitar a identificação do mesmo dentro do Desafio.

abs,
Cesar de Lucca
Mediador Desafio 1

RE: ORIENTAÇÕES PARA A FASE DE CRIAÇÃO DE PROPOSTAS
Resposta
04/12/12 13:23 em resposta a César de Lucca.
Prezada(o) participante do Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto,

Nesta quarta-feira, dia 05 de dezembro, ao meio-dia (horário de Brasília), encera-se o prazo para a sociedade civil apresentar propostas de compromissos para o novo Plano de Ação do Brasil.

De acordo com o Manual do Diálogo Virtual, as propostas de compromisso devem:

- estar em harmonia com os princípios da Parceria para Governo Aberto
- se enquadrar em algum dos cinco desafios
- condizer com a realidade do sistema jurídico-administrativo brasileiro
- ser viáveis e
- se referir a ações cuja implementação seja da competência do Poder Executivo Federal, de abrangência nacional

Apenas propostas que atenderem minimamente todos os critérios acima mencionados seguirão para a próxima fase do Diálogo Virtual – redação de propostas – de 6 a 12/12/2012. Para mais esclarecimentos, recomendamos a leitura do Manual do Diálogo Virtual e dos tutorais que estão disponíveis na biblioteca da comunidade.


Contamos com a sua colaboração e agradecemos a sua participação,

Cordialmente,
Equipe Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto

RE: SAÚDE (auditoria, recursos humanos)
Resposta
06/12/12 03:47 em resposta a Maria Izabel Pereira Braz.
Cara Maria Izabel.

Após passar por uma análise realizada pela equipe do Diálogo Virtual, esta proposta, da forma como foi apresentada, não seguirá para a próxima fase, pois não atende algum dos critérios mínimos para a elaboração de um compromisso no âmbito da Parceria para o Governo Aberto no Brasil, conforme os termos do Manual do Diálogo Virtual disponíveis na página 12, transcritos a seguir:

“As propostas apresentadas devem:
- estar em harmonia com os princípios da Parceria para Governo Aberto,
- se enquadrar em algum dos cinco desafios,
- condizer com a realidade do sistema jurídico-administrativo brasileiro,
- ser viáveis e
- se referir a ações cuja implementação seja da competência do Poder Executivo Federal, de abrangência nacional.”

No caso dessa proposta, além dela não se referir a ações cuja implementação seja da competência do Poder Executivo Federal, de abrangência nacional, ela foge ao escopo da Parceria Governo Aberto.

Contamos com a colaboração de vocês na próxima fase e agradecemos pela participação.

Cordialmente,
Equipe do Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto