Fórum

TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade

Compartilhe este tópico:
Tópicos [ Anterior | Próximo ]
Que compromissos deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?

“Fomento para criação de Grupos de Trabalho que atuarão nas empresas”.

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?

Contribuir na agenda do setor de Responsabilidade Social das empresas

Os resultados esperados são: maior aproximação das empresas nos projetos sociais
desenvolvidos em parceria; reformulação das políticas de marketing social das
empresas.

Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?

Parcerias entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para a
formação de cursos de extensão ou bolsas de estudo.

Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos:
Observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas).

Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, poderíamos pensar em um trabalho de médio e longo prazos.

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
28/11/12 06:33 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
Muito boa essa proposta.

Posso contribuir: Não seria importante que o Governo garantisse uma ação intersetorial para conquistar essa ação? Educação e outros Ministérios?



Jose Eduardo Mendes:
Que compromissos deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?

“Fomento para criação de Grupos de Trabalho que atuarão nas empresas”.

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?

Contribuir na agenda do setor de Responsabilidade Social das empresas

Os resultados esperados são: maior aproximação das empresas nos projetos sociais
desenvolvidos em parceria; reformulação das políticas de marketing social das
empresas.

Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?

Parcerias entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para a
formação de cursos de extensão ou bolsas de estudo.

Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos:
Observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas).

Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, poderíamos pensar em um trabalho de médio e longo prazos.

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
28/11/12 13:47 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
Olá, José Eduardo.

De modo a permitir discussão mais ampla e focada da sua proposta, eu a transferi para um novo tópico.

Abs.
Isadora.

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
28/11/12 19:06 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
Olá José Eduardo e Maria Izabel!

Com o intuito de ajudar na discussão e avançar na proposta. Faço algumas sugestões de redação e algumas perguntas sobre a proposta. Vejam o que acham.

Que compromissos deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?

Realização de parceria com universidades para criação de Grupos de Trabalho que atuem em empresas estimulando uma agenda de responsabilidade social.

Comentário: Inseri a realização de parceria, porque entendi que isso faz parte da proposta. É isso mesmo?

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?

Contribuir para elaboração de uma agenda de responsabilidade social dentro das empresas. Como resultados, espera-se:
- maior aproximação das empresas nos projetos sociais desenvolvidos em parceria;
- reformulação das políticas de marketing social das empresas.

Comentário: Mais do que a reformulação da política de marketing, não seria interessante que um resultado esperado fosse incentivar as empresas a manter uma agenda de ações práticas responsáveis? Também acho que vale à pena incluir como objetivo o fomento à pesquisa e ao ensino voltados para a responsabilidade social empresarial.

Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?

Acordo entre entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para cursos de extensão ou bolsas de estudo em universidades parceiras voltados para a criação de grupos de trabalho que atuem junto a empresas na formulação de agendas responsáveis.

Comentário: A proposta original fala apenas nas bolsas de estudo e nos cursos de extensão, mas é preciso vincular isso à proposta central de criação de grupos de trabalho. Propus uma redação para contemplar isso. O que acham? Além disso, acho importante inserir a realização dos convênios com as universidades e uma estratégia de contato com as empresas. Como mobilizá-las?

Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos: observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas).

Comentário: As próprias agendas responsáveis formuladas como resultado das parcerias poderia ser um maneira de verificar se o compromisso foi cumprido, não?

Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, poderíamos pensar em um trabalho de médio e longo prazos.

Acho que algumas perguntas ainda precisam ser melhor respondidas, por exemplo: o que esses grupos fariam? Qual a atuação esperada dos grupos de trabalho? Qual seria o papel do governo?

Vamos juntos!

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
30/11/12 01:44 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
José Eduardo, sabemos que a universidade passou muitos anos isolada da comunidade do seu entorno, portanto, é preciso aprofundar o diálogo entre universidade e setor privado, onde as grandes corporações podem financiar pesquisas nas universidades.
Att,
João Batista

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
01/12/12 09:46 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
Prezados Colegas. Seguem os tópicos com algumas observações em vermelho.

Que compromisso deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?

Realização de parceria com universidades para criação de Grupos de Trabalho que atuem em empresas estimulando uma agenda de responsabilidade social.

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?

Contribuir para elaboração de uma agenda de responsabilidade social dentro das empresas. Como resultados, espera-se:
- reformulação das políticas de marketing social das empresas;
- maior aproximação das empresas nos projetos sociais desenvolvidos em parceria;
- ampliação do fomento à pesquisa e ao ensino voltados à responsabilidade social.


Comentário: Mais do que a reformulação da política de marketing, não seria interessante que um resultado esperado fosse incentivar as empresas a manter uma agenda de ações práticas responsáveis? Também acho que vale à pena incluir como objetivo o fomento à pesquisa e ao ensino voltados para a responsabilidade social empresarial.

Prezada Isadora. Conheço bem o “espírito capitalista” das empresas brasileiras – moro e trabalho em São Paulo -, quando vc fala em “incentivar ações práticas” as empresas vão entender: o que foi feito até hoje não foi “ação prática”?. Isto “afugenta” as iniciativas (atualmente escassas), gostaria de voltar a falar em “reformulação” ou mesmo “revisão”, ok??.
Novamente, lembro que o capitalismo brasileiro tem suas características próprias.



Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?

Acordo entre entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para cursos de extensão ou bolsas de estudo em universidades (públicas e privadas), parceiras voltadas para a criação de grupos de trabalho (GTs) que atuem junto as empresas na reformulação de agendas responsáveis.


Comentário: A proposta original fala apenas nas bolsas de estudo e nos cursos de extensão, mas é preciso vincular isso à proposta central de criação de grupos de trabalho. Propus uma redação para contemplar isso. O que acham? Além disso, acho importante inserir a realização dos convênios com as universidades e uma estratégia de contato com as empresas. Como mobilizá-las?
Novamente, temos que observar que o empresariado brasileiro já atua de modo “tímido”, talvez pouco eficiente. Muitos se aproveitam das “campanhas midiáticas” para atuar.
Quanto ao contato com as universidades, temos o seguinte: as públicas dependem de quadro docente engajado (reitorias inclusive). As universidades privadas, basta apresentar recursos e acrescentar objetivos claros por parte da CGU (Estado).


Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos: observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas).


Comentário: As próprias agendas responsáveis formuladas como resultado das parcerias poderia ser um maneira de verificar se o compromisso foi cumprido, não?
Certo! Os GTs criam as estatísticas quantitativas/qualitativas para manutenção dos recursos.


Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, poderíamos pensar em um trabalho de médio e longo prazos.


Acho que algumas perguntas ainda precisam ser melhor respondidas, por exemplo:
o que esses grupos fariam? Reformular o que já existe na Responsabilidade Social que as empresas praticam, ir além da promoção da marca ou produto; do produto aliado apenas ao “sucesso” no âmbito social.
Qual a atuação esperada dos grupos de trabalho? Reformular a atuação meramente “marqueteira” das empresas; trabalhar no sentido da formação cidadã; educação no sentido das boas práticas eleitorais; COLETA DE INFORMAÇÕES E APRENDIZADO.
Qual seria o papel do governo? O papel da CGU seria criar indiretamente através de recursos públicos uma “extensão de controle”, ainda trabalhar/atuar indiretamente na formação e educação dos cidadãos. Formar base, resgatar a sociedade do “nimbo” instaurado pela ditadura.



Vamos juntos! Sim TODOS (burocracia, estudantes e cidadãos)!

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
02/12/12 20:34 em resposta a Isadora Cruxen.
Isadora e demais Colegas,

Acho que a primeiro momento proponho o papel do Governo: Implementar um programa de incentivo as empresas para executarem projetos de responsabilidade social , cultura, meio ambiente ou combate a miséria assim como resgate a valores.
E o grupo de trabalho seria os facilitadores , aqueles que articulariam levando a proposta, auxiliando a implementar, acompanhando a execução e construindo os indicadores que registrarão o impacto dessa ação.




Isadora Cruxen:
Olá José Eduardo e Maria Izabel!

Com o intuito de ajudar na discussão e avançar na proposta. Faço algumas sugestões de redação e algumas perguntas sobre a proposta. Vejam o que acham.

Que compromissos deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?

Realização de parceria com universidades para criação de Grupos de Trabalho que atuem em empresas estimulando uma agenda de responsabilidade social.

Comentário: Inseri a realização de parceria, porque entendi que isso faz parte da proposta. É isso mesmo?

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?

Contribuir para elaboração de uma agenda de responsabilidade social dentro das empresas. Como resultados, espera-se:
- maior aproximação das empresas nos projetos sociais desenvolvidos em parceria;
- reformulação das políticas de marketing social das empresas.

Comentário: Mais do que a reformulação da política de marketing, não seria interessante que um resultado esperado fosse incentivar as empresas a manter uma agenda de ações práticas responsáveis? Também acho que vale à pena incluir como objetivo o fomento à pesquisa e ao ensino voltados para a responsabilidade social empresarial.

Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?

Acordo entre entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para cursos de extensão ou bolsas de estudo em universidades parceiras voltados para a criação de grupos de trabalho que atuem junto a empresas na formulação de agendas responsáveis.

Comentário: A proposta original fala apenas nas bolsas de estudo e nos cursos de extensão, mas é preciso vincular isso à proposta central de criação de grupos de trabalho. Propus uma redação para contemplar isso. O que acham? Além disso, acho importante inserir a realização dos convênios com as universidades e uma estratégia de contato com as empresas. Como mobilizá-las?

Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos: observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas).

Comentário: As próprias agendas responsáveis formuladas como resultado das parcerias poderia ser um maneira de verificar se o compromisso foi cumprido, não?

Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, poderíamos pensar em um trabalho de médio e longo prazos.

Acho que algumas perguntas ainda precisam ser melhor respondidas, por exemplo: o que esses grupos fariam? Qual a atuação esperada dos grupos de trabalho? Qual seria o papel do governo?

Vamos juntos!

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
03/12/12 12:40 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
A Universidade Pública Brasileira precisa sair da redoma em que se encontra, e firmar parcerias com as comunidades do seu entorno.

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
03/12/12 14:40 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
Caros, a partir dos comentários feitos, vamos então pensar uma redação final? Sugestão abaixo:


Que compromisso deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?
Realização de parceria com universidades para criação de Grupos de Trabalho que atuem em empresas estimulando uma agenda de responsabilidade social.

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?
Contribuir para elaboração de uma agenda de responsabilidade social dentro das empresas. Os Grupos de Trabalho atuariam ajudando a empresa a reformular ou aprofundar as práticas de responsabilidade social já existentes na empresa, assim como a adensar conceitos e buscar novas iniciativas. Os Grupos de Trabalho atuariam ainda na elaboração de indicadores de resultado. Como resultados, espera-se:
- reformulação das políticas de marketing social das empresas;
- maior aproximação das empresas nos projetos sociais desenvolvidos em parceria;
- ampliação do fomento à pesquisa e ao ensino voltados à responsabilidade social.

Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?
Acordo entre entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para cursos de extensão ou bolsas de estudo em universidades (públicas e privadas), parceiras voltadas para a criação de grupos de trabalho (GTs) que atuem junto as empresas na reformulação de agendas responsáveis.

Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos: observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas). Além disso, as próprias agendas responsáveis seriam uma maneira de verificar se o compromisso foi cumprido. Seria possível ter resultados quantitativos e análises qualitativas dessas agendas.

Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, a implementação da proposta seria um compromisso de médio a longo prazo.

O que vocês acham? Essa proposta está adequada?

Uma última provocação: como essa proposta se encaixa nos princípios de governo aberto estabelecidos pela OGP? Os 4 princípios são:

• Transparência: ampliação do acesso a informações sobre as atividades governamentais. Os dados devem ser disponibilizados de maneira aberta e ampla, constantemente atualizados e devem ser de fácil acesso e compreensão.
• Participação social: promoção da participação de cidadãos e cidadãs de forma igualitária e sem discriminação na tomada decisões e na formulação de políticas, bem como no acompanhamento de sua implementação. A participação e o exercício do controle social por parte da população são essenciais para aumentar a eficácia dos governos e aprofundar a democracia.
• Responsabilização e prestação de contas (accountability): implementação dos mais altos padrões de integridade profissional nas administrações públicas. É importante que existam regras e mecanismos que obriguem os funcionários públicos a prestar contas e justificar suas ações, assim como a aceitar a responsabilidade quando houver falha em respeitar leis e compromissos assumidos.
• Tecnologia e inovação: incentivo para que os governos busquem soluções inovadoras, compreendam a importância de garantir amplo acesso da população a tecnologias da informação e comunicação, assim como busquem capacitar cidadãs e cidadãos para o uso destas. As novas tecnologias oferecem oportunidades para o compartilhamento de informações, permitindo que as pessoas entendam melhor o funcionamento de seus governos e influenciem suas decisões.

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
04/12/12 13:13 em resposta a Jose Eduardo Mendes.
Prezada(o) participante do Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto,

Nesta quarta-feira, dia 05 de dezembro, ao meio-dia (horário de Brasília), encera-se o prazo para a sociedade civil apresentar propostas de compromissos para o novo Plano de Ação do Brasil.

De acordo com o Manual do Diálogo Virtual, as propostas de compromisso devem:

- estar em harmonia com os princípios da Parceria para Governo Aberto
- se enquadrar em algum dos cinco desafios
- condizer com a realidade do sistema jurídico-administrativo brasileiro
- ser viáveis e
- se referir a ações cuja implementação seja da competência do Poder Executivo Federal, de abrangência nacional

Apenas propostas que atenderem minimamente todos os critérios acima mencionados seguirão para a próxima fase do Diálogo Virtual – redação de propostas – de 6 a 12/12/2012. Para mais esclarecimentos, recomendamos a leitura do Manual do Diálogo Virtual e dos tutorais que estão disponíveis na biblioteca da comunidade.


Contamos com a sua colaboração e agradecemos a sua participação,

Cordialmente,
Equipe Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
05/12/12 12:14 em resposta a Isadora Cruxen.
Que compromisso deve ser assumido pelo Brasil no plano de ação da OGP?
Realização de parceria com universidades para criação de Grupos de Trabalho que atuem em empresas estimulando uma agenda de responsabilidade social.

Qual o objetivo desse compromisso? Quais os resultados esperados?
Contribuir para elaboração de uma agenda de responsabilidade social dentro das empresas. Os Grupos de Trabalho atuariam ajudando a empresa a reformular ou aprofundar as práticas de responsabilidade social já existentes na empresa, assim como a adensar conceitos e buscar novas iniciativas. Os Grupos de Trabalho atuariam ainda na elaboração de indicadores de resultado. Como resultados, espera-se:
- reformulação das políticas de marketing social das empresas;
- maior aproximação das empresas nos projetos sociais desenvolvidos em parceria;
- ampliação do fomento à pesquisa e ao ensino voltados à responsabilidade social.

Para efetivar esses compromissos, quais atividades podem ser realizadas pelo Governo Federal?
Acordo entre entre a CGU e o Ministério da Educação no sentido de prover recursos para cursos de extensão ou bolsas de estudo em universidades (públicas e privadas), parceiras voltadas para a criação de grupos de trabalho (GTs) que atuem junto as empresas na reformulação de agendas responsáveis.

Como verificar se esse compromisso foi cumprido?

Através de indicadores criados para esse fim e divulgados pela CGU, como exemplo temos: observações estatísticas sobre a criação de cursos e bolsas nas universidades (públicas e privadas). Além disso, as próprias agendas responsáveis seriam uma maneira de verificar se o compromisso foi cumprido. Seria possível ter resultados quantitativos e análises qualitativas dessas agendas.

Qual o tempo necessário para a efetivação do compromisso, curto, médio ou longo prazo?

Um projeto dessa envergadura deve considerar: a realização dos convênios; as parcerias com as universidades, a formação de um corpo docente engajado. Sendo assim, a implementação da proposta seria um compromisso de médio a longo prazo.


Caras e caros,

Esta proposta, da forma como está apresentada até o momento, seguirá para a próxima fase do Diálogo Virtual – redação de propostas – pois atende os critérios mínimos para a elaboração de um compromisso no âmbito da Parceria para o Governo Aberto no Brasil, de acordo com os termos do Manual do Diálogo Virtual, página 12, transcritos a seguir:
As propostas apresentadas devem:
• estar em harmonia com os princípios da Parceria para Governo Aberto,
• se enquadrar em algum dos cinco desafios,
• condizer com a realidade do sistema jurídico-administrativo brasileiro,
• ser viáveis e
• se referir a ações cuja implementação seja da competência do Poder Executivo Federal, de abrangência nacional.


Porém identificamos que o atendimento aos princípios da Parceria para Governo Aberto precisam ser melhorados. Na fase de redação de propostas (6 a 12/12/2012) será possível tanto adequar a redação da proposta, como aperfeiçoá-la para atender plenamente aos princípios da Parceria para Governo Aberto e, consequentemente, garantir a sua passagem para a fase final de priorização (14 a 17/12/2012). Caso contrário, isto não será possível. Por isso a participação de vocês na fase de redação de propostas é fundamental.

Cordialmente,
Equipe do Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto

RE: TEMA: PROMOÇÃO DE GTs empresa e universidade
Resposta
07/12/12 16:19 em resposta a Isadora Cruxen.
Cara(o) participante,

A proposta oriunda deste tópico já está disponível para aprimoramento na fase de redação das propostas. Ela pode ser encontrada no link abaixo:

5.3 Promoção de GTs Empresa e Universidade: http://edemocracia.camara.gov.br/web/acoes-ogp/wiki/-/wiki/Main/5.3+Promoção+de+GTs+Empresa+e+Universidade

Lembrando que o prazo para aprimorar a redação vai até 12 de dezembro às 12h.

Cordialmente,
Equipe do Diálogo Virtual da Parceria para Governo Aberto