Discussões

Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)

Compartilhe este tópico:
Tópicos [ Anterior | Próximo ]
Proposta: expor em grandes painéis - permanentemente afixados em sindicatos, federações, etc, etc, etc - os tributos embutidos nos preços dos produtos.
Objetivo: dar o primeiro passo da revolução tributária que o País precisa, informando à Sociedade que os tributos embutidos, que constituem 70% da carga tributária, SÃO A PRINCIPAL CAUSA DA DESIGUALDADE SOCIAL
Esse fenômeno, chamado de regressividade, foi medido por IPEA, USP, IBPT, Sindifisco, analistas, etc. E faz do Brasil o País, EM TODO O MUNDO, que mais transfere renda (DOS POBRES PARA OS RICOS). Esse é um crime de alta perversidade pois as vítimas (os mais pobres) NEM SABEM que são vítimas.

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
26/03/12 00:39 em resposta a LUIZ OTÁVIO DA ROSA BORGES.
Luiz,

é hora de transformarmos essa discussão em uma proposta que seja:

- Sintética: ou seja, que explique os aspectos principais da ideia apresentada, aquilo que realmente é indispensável. Uma proposta/diretriz de poucas linhas costuma ter mais impacto e mais adesão dos demais participantes.

- Auto-explicativa: uma boa proposta/diretriz permite que, mesmo quem não participou da discussão do assunto, compreenda o que está sendo apresentado

- Formulada para o âmbito nacional: é fundamental lembrarmos que essa Conferência Virtual é uma etapa preparatória para a etapa nacional. Sendo assim, as propostas precisam dar conta de um contexto de país, e não apenas de uma determinada região.

Vamos caminhar pra essa etapa do nosso trabalho?

Assim que fecharmos a escrita, a proposta apareça no tópico "Visualização de propostas criadas até o momento".

abs,

Mariana Manfredi

Mediadora da Consocial Virtual

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
26/03/12 01:26 em resposta a Mariana Manfredi.
MARIANA,

A proposta está fechada.

É uma proposta realmente complexa (não dá para fechar mais).

Foi apresentada a vários colegas de São Paulo, que gostaram da proposta.

Espero que o destino me coloque na Consocial Nacional, para que eu possa defendê-la. Acredito que, somente assim, será possível explicitá-la melhor e ter uma cnance melhor de aprovação.

Aquele abraço,

Luiz Otávio


Mariana Manfredi:
Luiz,

é hora de transformarmos essa discussão em uma proposta que seja:

- Sintética: ou seja, que explique os aspectos principais da ideia apresentada, aquilo que realmente é indispensável. Uma proposta/diretriz de poucas linhas costuma ter mais impacto e mais adesão dos demais participantes.

- Auto-explicativa: uma boa proposta/diretriz permite que, mesmo quem não participou da discussão do assunto, compreenda o que está sendo apresentado

- Formulada para o âmbito nacional: é fundamental lembrarmos que essa Conferência Virtual é uma etapa preparatória para a etapa nacional. Sendo assim, as propostas precisam dar conta de um contexto de país, e não apenas de uma determinada região.

Vamos caminhar pra essa etapa do nosso trabalho?

Assim que fecharmos a escrita, a proposta apareça no tópico "Visualização de propostas criadas até o momento".

abs,

Mariana Manfredi

Mediadora da Consocial Virtual

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
26/03/12 01:37 em resposta a LUIZ OTÁVIO DA ROSA BORGES.
Luiz,
a proposta sugerida é:

Proposta: expor em grandes painéis - permanentemente afixados em sindicatos, federações, etc, etc, etc - os tributos embutidos nos preços dos produtos.

Fico em dúvida sobre quais produtos teriam os valores de tributos apresentados e quem produziria os paines e os dados.
Além disso, não seria melhor deixar mais amplo o local de afixação dos paínes como em organizações sem fins lucrativos?

Acho que responder essas questões deixarão a proposta mais completa.

abs,
Mariana Manfredi

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
26/03/12 03:36 em resposta a Mariana Manfredi.
MARIANA,

Entendi, nas reuniões da COE de São Paulo, e em textos de orientação:

1 - que as propostas não são detalhadas (quem faz, com que recursos, onde, etc);

2 - que, por não ser detalhadas, é que são chamadas de propostas/diretrizes (faz sentido, senão uma proposta do tipo "fim da prescrição", por exemplo, precisaria incluir um projeto de lei com artigos, parágrafos e incisos contendo os crimes que seriam afetados pelo fim da prescrição);

3 - resumindo: é inviável detalhar, agora, todos os locais em que os painéis seriam instalados. Por esta razão, coloquei o "etc, etc, etc";

4 - também não dá para detalhar, na proposta, os produtos. Só para você ter uma idéia de uma lista de produtos, clique no link abaixo:
https://www.sugarsync.com/pf/D6152182_9664743_664566

5 - em relação a quem vai produzir os dados, também não dá para detalhar. Existe uma longa lista de possíveis candidatos: IBPT, IPEA, FIPE-USP, Receita Federal, Ministério da Fazenda, Ministério do Planejamento, Fundação Getúlio Vargas, etc.

Fico meio sem graça por discordar de suas sugestões, pois sei que você quer ajudar. E eu tenho receio de passar a impressão de que estou querendo "encher o saco".
Ocorre que a proposta é realmente complexa. A primeira versão dela tinha o dobro do tamanho. É por essa razão que a proposta somente terá alguma chance de ser aprovada se eu tiver a sorte de ser eleito delegado e poder defendê-la. Não digo isso por me achar "o rei da cocada preta". Digo isso porque o tema da regressividade é um assunto desconhecido, difícil de entender, e, por acaso, é um tema que eu estudei.

Agradeço antecipadamente sua tolerância.

Aquele abraço,

Luiz Otávio

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
26/03/12 04:44 em resposta a LUIZ OTÁVIO DA ROSA BORGES.
Olá Luiz,

primeiramente, você não precisa ficar sem graça de discordar, estamos aqui para debater ideias e, as vezes, elas são contrárias mesmo.

Entendo que meus comentários não vão contra as orientações de propostas apresentadas pelas COEs, apenas mapearia melhor alguns itens. Contudo, se entende que ela atende aos seus objetivos é importante mante-la assim.

Vamos apenas esperar comentário de outros participantes até o final do dia aqui no fórum.

abs,
Mariana Manfredi

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
26/03/12 21:41 em resposta a Mariana Manfredi.
COLEGA DE CONSOCIAL,

Bom dia!

Se você se interessa em conhecer as razões que motivaram a elaboração da proposta, clique no link adiante indicado e leia a mensagem com o título "2 - primeiro passo para reduzir desigualdade gerada pelo sistema tributário".

Você vai perceber que:
- a carga tributária não é apenas alta (esse é somente um lado do problema);
- a carga é distribuída de modo a fazer os pobres pagarem, em relação à renda que recebem, mais do que os ricos;
- ou seja: o enriquecimento dos mais ricos é sustentada, pelo menos em parte, pelo empobrecimento dos mais pobres (isso acontece somente no Brasil);
- ocorre que pouquíssimas pessoas sabem disso (QUASE NINGUÉM TEM ACESSO A ESSAS INFORMAÇÕES);
- ocorre, também, que pouquíssimos políticos e governantes, sejam de que partido forem, falam nesse assunto.

Leia a mensagem apontada pelo link e tire suas próprias conclusões.

Aqui vai o link: http://bit.ly/9rqasR

Saudações,

Luiz Otávio

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
28/03/12 14:25 em resposta a LUIZ OTÁVIO DA ROSA BORGES.
Olá Luiz,
estou colocando a proposta: "Expor em grandes painéis - permanentemente afixados em sindicatos, federações, etc, etc, etc - os tributos embutidos nos preços dos produtos." no tópico Visualização das propostas criadas até o momento. Lá, as pessoas poderão comentar e sugerir alterações no texto.

ok?
abs,
Mariana Manfredi
Mediadora da Consocial Virtual

RE: Tributos embutidos no preços (maior fator de desidualdade)
Resposta
01/04/12 18:12 em resposta a Mariana Manfredi.
ENCERRAMENTO DO TÓPICO E PRÓXIMOS PASSOS

Muito obrigado pela participação e colaboração na construção de um Brasil com mais transparência e controle social. As ideias contidas neste tópico contribuíram para a criação de propostas que seguem para a segunda etapa da Conferência Virtual. Tendo em vista a finalização da primeira etapa da Conferência Virtual, informamos que a partir deste momento este tópico está encerrado e estará disponível para visualização.

Graças ao comprometimento e envolvimento de todos os participantes, tivemos um número expressivo de propostas, principalmente nas últimas horas. Para manter a qualidade do trabalho, ponderamos a necessidade de um tempo adicional para a análise da redação das propostas que estão no mural de tema. (O mural é o espaço onde está a redação final de cada uma das propostas discutidas nos fóruns sobre os quatro temas da 1a Consocial ao longo da primeira etapa da Conferência Virtual).

Diante disto, alteramos o cronograma da Conferência Virtual para os participantes terem a oportunidade de validar a redação das propostas que estão no mural.

Validação das propostas no mural de cada tema.
Dia 1/4 (domingo ) das 16h até dia 2/4 (segunda-feira) às 20h


Os participantes poderão melhorar a redação das propostas listadas no mural de cada tema. Neste momento não serão aceitas novas propostas ou mudanças no escopo/ideia original, mas sim pequenos ajustes na redação para que a proposta seja facilmente compreendida por qualquer pessoa.
A proposta deve ter um texto sintético, auto-explicativo e formulada para o âmbito nacional.
Dica: Propostas longas, com muitos argumentos, não prendem a atenção dos participantes e normalmente passam despercebidas na etapa de priorização. Os participantes tendem a priorizar propostas com redação mais objetiva.

[url=http://edemocracia.camara.gov.br/web/consocial/forum/-/message_boards?_19_mbCategoryId=437375
]Mural Tema 1- Transparência: acesso às informações do poder público

Mural Tema 2 - Participação no controle da atuação dos governos

Mural Tema 3 - Controle: fortalecimento dos conselhos de políticas públicas

Mural Tema 4 - Corrupção: prevenção e combate


Abertura da etapa 2 da Conferência Virtual – Escolhendo propostas
Dia 3 de abril (terça-feira) a partir das 14h

Início da etapa de valoração e priorização das propostas advindas do mural.


Abertura do fórum "Quero ser convidado para a Etapa Nacional da 1ª Consocial"
Dia 3 de abril (terça-feira) a partir das 14h

Início do fórum para a manifestação de interessados em participar da Seleção de convidados da Conferência Virtual para a etapa nacional


Encerramento da Conferência Virtual
Dia 8 de abril - domingo

A data de encerramento da Conferência Virtual será mantida de acordo com o calendário original.


Contamos com a compreensão, colaboração e participação de todos.

Cordialmente,

Soraia Mello
Coordenadora da Conferência Virtual da 1a Consocial

Fábio Félix
Coordenador-Executivo da 1a Consocial