Exportação de Dados do Fórum

Fórum

Quantidade máxima de candidatos por distrito

Compartilhe este tópico:
Tópicos [ Anterior | Próximo ]
Gosto do sistema proporcional, contudo, acho um absurdo existir um distritão como São Paulo que elege 70 deputados, acho que deveria haver criação de distritos como uma quantidade máxima de uns 5 eleitos por distrito, é o número aproximado que eu vejo em democracia mais avançadas que utilizam esse sistema.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
24/07/13 19:03 em resposta a Adriano A.
Voto distrital = Uninominal Majoritário de preferência em dois turnos (sistema francês).
Quando se tem um eleito por distrito é muito mais fácil cobrá-lo (Uninominal) e responsabilizá-lo.
Por isso é quase impossível ter representatividade em sistemas de lista partidária ou distritais plurinominais.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
24/07/13 21:40 em resposta a Adriano A.
O voto majoritário restringindo o número de candidatos por localidade seria uma afronta ao fundamento de pluralismo político existente na CRFB/88.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
24/07/13 21:41 em resposta a Adriano A.
Adriano A:
Gosto do sistema proporcional, contudo, acho um absurdo existir um distritão como São Paulo que elege 70 deputados, acho que deveria haver criação de distritos como uma quantidade máxima de uns 5 eleitos por distrito, é o número aproximado que eu vejo em democracia mais avançadas que utilizam esse sistema.



O Sistema Proporcional tem mais pontos positivos que o Sistema Distrital (Majoritário) Simples ou Misto... para que se efetive uma democracia mais igualitária, com maior pluralidade de partidos/ideias e com a participação de todos.

O que se precisaria fazer é uma especialização do voto proporcional... o que chamo de "VOTO PROPORCIONAL POR DISTRITOS” - que manteria o sistema eleitoral, mas restringia a distritos para cada cargo. Dessa maneira restringía-se o "Efeito Tiririca" apenas ao distrito (os puxadores de voto se restringiriam aos distritos que disputassem).

Assim, o SISTEMA PROPORCIONAL deveria ser realizado para os seguintes distritos: Vereador = seção Eleitoral no Município; Deputado Estadual = Mesoregiões já estabelecidas pelo IBGE nos Estados; Deputado Federal = Território Estadual.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
24/07/13 22:13 em resposta a Tiago Veras.
Tiago Veras:
O voto majoritário restringindo o número de candidatos por localidade seria uma afronta ao fundamento de pluralismo político existente na CRFB/88.



Mas Tiago, mais afronta ainda é a quantidade de candidatos IGNORANTES, EGOÍSTAS, DESPREPARADOS E INTERESSEIROS que vemos em todas as eleições.
Já foi citado aqui em um dos tópicos a possibilidade de fazer concurso público para filtrar candidatos minimamente preparados a exercer os cargos tão importantes.

O pluralismo político já não é mais pluralismo e sim uma SURUBA generalizada de partidos fazendo coligações a fim de interesses os mais duvidosos.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
27/07/13 21:17 em resposta a Adriano A.
1. fim do voto secreto no legislativo;
2. extinguir o voto de lideranças;
3. abolir a sistemática de votação do tipo “quem estiver a favor permaneça como está”;
4. financiamento de campanha exclusivamente público;
5. divulgação na internet despesas de campanha: data, hora, cidade, uf, CNPJ/CPF, nome recebedor, finalidade, valor etc;
6. regulamentar PLEBISCITOS e REFERENDOS (Projetos de Lei nº 4.718/2004 e 6.928/2002);
7. regulamentar CONSULTA POPULAR para revogar mandatos (PLS nº 269/2005 e 82/2003);
8. implementar a revogação e o veto popular (PEC 80/2003);
9. voto distrital misto;
10. princípios mínimos obrigatórios em estatutos e regimentos internos dos partidos: democracia interna, transparência;
11. prazo mínimo de 5 (cinco) anos de filiação para concorrer a cargos internos e eletivos, critérios para indicação para concorrer a cargos eletivos etc;
12. lista fechada ou mista, composta por voto direto dos filiados do partido;
13. proibir coligações partidárias para cargos proporcionais;
14. reduzir o período de propaganda eleitoral para, no máximo, 30 dias corridos;
15. permitir propaganda em rádio e TV somente ao vivo, sem produção de agências de publicidade;
16. regulamentar o formato dos debates entre candidatos ao Executivo;
17. definir prazo máximo para tramitação de propostas no legislativo (9 meses);
18. reduzir a quantidade mínima de assinaturas para apresentação de projeto de iniciativa popular;
19. voto facultativo;
20. abolir as emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União;
21. extinguir o foro privilegiado e a imunidade processual para crime comum;
22. abolir as medidas provisórias ou instituir mecanismo que obrigue votação imediata, em até 30 (trinta) dias, no máximo;
23. concurso para ministros dos tribunais, revogar a indicação pelo Executivo;
24. eliminar a concessão de subsídios a vereadores nos municípios com menos de 100.000 habitantes;
25. extinguir o instituto da reeleição, inclusive para o legislativo;
26. estabelecer mandatos de 5 (cinco) anos e realizar eleições anuais;
27. no 1º ano, eleições para vereadores e deputados estaduais/distritais;
28. no 2º ano, para prefeitos municipais;
29. no 3º ano, deputados federais e senadores;
30. no 4º ano: governadores;
31. no 5º ano: presidente da república;
32. extinguir o Senado e transformar o parlamento em unicameral;
33. reduzir o mandado de senador de 8 para 5 anos;
34. quebra automática de sigilo (fiscal, bancário e telefônico) a partir do registro de candidatura a qualquer cargo eletivo (PEC 42/2007);
35. quebra automática de sigilo (fiscal, bancário e telefônico) a partir da posse em cargo público eletivo ou de livre provimento;
36. detentores de cargos públicos indiciados, investigados, denunciados sejam afastados, automática e temporariamente (6 meses);
37. retenção de passaporte, bloqueio de bens, quebra de sigilo (fiscal, bancário e telefônico) de autoridades denunciadas;
38. proibir qualquer propaganda paga por órgãos públicos;
39. garantir informes de utilidade pública na TV de forma gratuita, obrigatória e prioritária;
40. proibir o uso de cavaletes, bandeiras e carro de som na propaganda eleitoral;
41. proibir a divulgação de pesquisas eleitorais;
42. instituir mecanismos rigorosos e eficazes sobre fidelidade partidária;
43. divulgação, na internet, de declarações de renda e patrimônio dos ocupantes de cargos públicos eletivos e de livre provimento;
44. posse em cargo eletivo condicionada a desfecho de eventuais processos a que responda o candidato;
45. organizar a pauta do legislativo de acordo com a ordem de entrada: “primeiro a entrar primeiro a sair”;
46. parlamentares só nomear, no máximo, 5 (cinco) assessores em cargos de livre provimento;
47. conceder a parlamentares federais, no máximo, 2 (duas) passagens (ida/volta) à capital de origem, por mês;
48. parlamentar que deixar de comparecer a mais de 1/10 (um décimo) das sessões legislativas de cada ano perderá o mandato.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
27/07/13 23:51 em resposta a Gean Carlos Carlos Ramos.
Com o voto distrital ( nao distritao ) cada partido pode lançar 1 candidato , logo cada distrito teria no máximo 30 candidatos , legal né .

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
30/07/13 20:47 em resposta a Diego Rodrigues.
O Voto Distrital (que vocês estão denominando o sistema Majoritário de eleição) tem como Ponto Negativo a eliminação de Políticos de Ideias ( Cristovam Buarque, Pedro Taques, Randolfe Rodrigues, Luiza Erundina, Luciana Genro...) para Políticos de Distritos (principalmente os Coronéis das Mídias Locais: Sarney, Renan, Collor, ACM Jr, Jader Barbalho...)... Esse é que é o grande perigo!

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
30/07/13 22:59 em resposta a Tiago Veras.
Tiago Veras:
O Voto Distrital (que vocês estão denominando o sistema Majoritário de eleição) tem como Ponto Negativo a eliminação de Políticos de Ideias ( Cristovam Buarque, Pedro Taques, Randolfe Rodrigues, Luiza Erundina, Luciana Genro...) para Políticos de Distritos (principalmente os Coronéis das Mídias Locais: Sarney, Renan, Collor, ACM Jr, Jader Barbalho...)... Esse é que é o grande perigo!



Ninguém aguenta mais lista partidária.

A lista partidária não evita coronéis regionais. Nós temos famílias que dominam Estados inteiros com conchavos partidários e listas. Elas controlam as retransmissoras da Rede Globo do Estado, Jornais e Rádios locais e como a população não conhece de perto os candidatos, acaba votando em quem não vai lhe representar. Estados inteiros são currais eleitorais e o sistema de listas ajuda a mantê-lo.

Como no sistema de "voto distrital" uninominal é possível o debate entre os candidatos a vereador e deputado, a população tem oportunidade de questionar o candidato sobre questões locais relacionadas a escolas, hospitais, parques e áreas de lazer da região, mas isso não quer dizer que a população deixará de questionar sobre questões nacionais como aborto, maioridade penal, corrupção, descriminalização das drogas, porte de arma etc.

No voto distrital os coronéis teriam que disputar a eleição, por meio de candidatos locais, distrito a distrito com amplo debate em cada região sobre as realizações do mandato anterior. É muito mais difícil criar e manter currais eleitorais quando a população passa a participar do mandato, controlar de perto seus representantes e exigir resultados.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
01/08/13 14:34 em resposta a Diego Rodrigues.
Diego Rodrigues:
Com o voto distrital ( nao distritao ) cada partido pode lançar 1 candidato , logo cada distrito teria no máximo 30 candidatos , legal né .


Acho que desfavorece o surgimento de novas ideias e novos políticos com 1 candidato por partido... aliás faça uma ilação pra tentar prever hoje qual seria o candidato por cada partido hoje???? Aliás, ainda tem a tendência de se ter cada vez menos partidos e, por consequência de seu raciocínio, menos candidatos... o que faria a política para poucos.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
01/08/13 15:05 em resposta a Luis Eduardo Rego Freitas.
Também não sou favorável da ideia de lista fechada no Brasil de hoje...

Aliás já fiz a proposta nesse fórum nesse sentido: Voto em “lista aberta” para candidatos e apenas em “lista fechada” caso o eleitor desejar votar na legenda do partido político;

Além de acreditar que seria mais viável no começo (depois acho que a proposta de Cristóvam Buarque seria mais efetiva) adotar o “Sistema Proporcional por Distritos” para cargos de Vereadores, Deputados Estaduais e Deputados Federais. O sistema proporcional deverá ser realizado nos seguintes distritos: Vereador = Seção Eleitoral do Município, Deputado Estadual = Mesoregiões estabelecidas pelo IBGE no Estado, Deputado Federal = Território Estadual;

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
01/08/13 15:25 em resposta a Tiago Veras.
Tiago Veras:
Também não sou favorável da ideia de lista fechada no Brasil de hoje...

Aliás já fiz a proposta nesse fórum nesse sentido: Voto em “lista aberta” para candidatos e apenas em “lista fechada” caso o eleitor desejar votar na legenda do partido político;

Além de acreditar que seria mais viável no começo (depois acho que a proposta de Cristóvam Buarque seria mais efetiva) adotar o “Sistema Proporcional por Distritos” para cargos de Vereadores, Deputados Estaduais e Deputados Federais. O sistema proporcional deverá ser realizado nos seguintes distritos: Vereador = Seção Eleitoral do Município, Deputado Estadual = Mesoregiões estabelecidas pelo IBGE no Estado, Deputado Federal = Território Estadual;


Neta proposta não muda nada . Sistema proporcional com lista aberta e coligação partidária é a maior aberração que existe.

RE: Quantidade máxima de candidatos por distrito
Resposta
25/08/13 01:29 em resposta a Adriano A.
Olá Adriano,

Tu anda sumido.

Li seu fórum sobre Germ... sei lá o nome do negócio. Acredito que o importante é enfatizarmos o assunto, não permitir o "burgo podre inglês" no Brasil. Se houverem distritos que sejam igualitários em número de eleitores ou pessoas.