Exportação de Dados do Fórum

Fórum

FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO

Compartilhe este tópico:
Tópicos [ Anterior | Próximo ]
FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
08/08/13 19:59
ELEIÇÕES PARA OS MEMBROS SUPERIORES DO JUDICIÁRIO

O Judiciário não pode ser um subpoder, precisa ter independência e autonomia. As nomeações políticas fazem com que ele se torne um subpoder do poder executivo. A legislação precisa ser prática, e estar com os pés no chão. Não adianta a lei dizer que o Juiz, promotor, delegado, etc, devam ser independentes e não poderem atuar politicamente. Não é porque a lei diz isso, que de fato isso ocorra. A maior prova está nesse documentário abaixo. Se for falso, por favor, avisem-nos:

http://www.correiodaamazonia.com.br/index.php/brasil-politica/3538-joaquim-barbosa-sobe-no-palanque-de-a%C3%A9cio,-em-ouro-preto

É um absurdo a sociedade ver Juízes dos mais altos tribunais promovendo políticos, mas continuarem com suas prerrogativas da idade média. E não adianta falar mal de um ou de outro. Esse da foto acima, pelo menos não é hipócrita, porque a maioria está até o pescoço envolvido com os políticos; seja por simpatia, favores devidos, ou simplesmente por preferência política, mas evitam demonstrar.

Não vejo outra maneira de se ingressar nas carreiras Judiciárias, do que por concurso público, que deve ser mantido. Só que a promoção deve ser feita por eleição popular. Não dá mais para fazer de conta que eles não influem na política. E se influem, devem ser também eleitos.

A Argentina já avançou nesse setor, como pode ser visto nesse documentário:

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/reforma-do-judiciario-e-aprovada-pelo-senado-argentino


Aliás, enquanto os argentinos atingiram o padrão de vida de Portugal, tornando-se um país desenvolvido. O Brasil estacionou há anos em torno da posição 85:

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_Human_Development_Index

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
16/08/13 16:36 em resposta a elia da silva.
Olá Elia,

Acho sim que as promoções no Judiciário deva ser por merecimento até o STJ, já para o STF concordo que deva ser por concurso. Não raro, assistimos advogados serem guindados ao posto de ministro do STF. Antonio Dias Tofolli é um exemplo do que condenamos, mas é uma realidade no famoso " é dando que se recebe",e
isso precisa ser corrigido com urgência para que tenhamos um Judiciário isento.!

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
25/08/13 17:34 em resposta a Levino S. do Viso.
Sem dúvida, não podemos deixar que esse país seja transformado numa ditadura do judiciário. Além do fim das vergonhosas nomeações, defendo o estabelecimento rígido de prazos e punições, para que processos e denúncias não fiquem escandalosamente engavetados por vários anos; e também a PEC 33 como forma de que a última palavra seja dada ao povo. Garanto que o judiciário não teria conseguido atrasar o ficha limpa.

Só que a PEC 33, que é o RECALL DAS DECISÕES JUDICIÁRIAS, também deve trazer a possibilidade desse instrumento ser convocado por iniciativa popular.

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
25/08/13 19:18 em resposta a elia da silva.
Por curiosidade como é que a ultima palavra seria do povo ?

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
25/08/13 21:00 em resposta a Diego Rodrigues.
Se o povo discordar de alguma decisão, como aquela que atrasou o uso do ficha limpa; mediante apoio da população, poderia pedir sua anulação.

E a pergunta seria introduzida na cédula de votação na próxima eleição sem custo algum. É claro que haveria um amplo debate público sobre isso nas TVs e na internet.

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
25/08/13 21:28 em resposta a elia da silva.
Acho que promotores e juízes deveriam serem eleitos pelo povo, como nos outros poderes. Poderiam se candidatar apenas os defensores públicos com mais de 5 anos de serviço.

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
25/08/13 21:52 em resposta a Rafael Borges Borri.
Por ser uma área que exige muita capacitação, acho que o ingresso na carreira deveria ser por concurso; mas a promoção por eleição.

RE: FIM DAS NOMEAÇÕES DO JUDICIÁRIO
Resposta
25/08/13 22:02 em resposta a elia da silva.
Exatamente por isso que eu defendo que ele deveria ser defensor público. Para ser defensor público, é necessário passar por concurso público.