Exportação de Dados do Fórum

Fórum

Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para todos?

Compartilhe este tópico:
Tópicos [ Anterior | Próximo ]

Primeira alternativa


Não totalmente, é verdade, mas o tempo de TV é coisa ultrapassada ou, ao menos, ultrapassável. Se o TSE divulgar, obrigatoriamente, um site para cada candidato, indicado por este... pronto! Os eleitores terão acesso às propostas do candidato, sem dependência exclusiva do tempo midiático da TV.

Durante o período eleitoral, o TSE deixaria em algum lugar (possivelmente no site do TSE) os sites dos candidatos para consulta (ao menos um). Com a divulgação disso e com a prática, isso dever-se-ia se tornar comum e frequente, diminuindo nossa dependência ao tempo de TV.

Outras idéias podem surgir daí, mas este é um simples - e a meu ver revolucionário - começo.

Apesar do título, não desmereço tempo de TV, não se trata disso. Mas podemos pensar em alternativas, há muito o que se pensar.


Segunda alternativa


A criação de um site para divulgação de vídeos de campanha dos candidatos. Todos os candidatos teriam um vídeo ou X vídeos de igual tempo, sejam candidatos avulsos ou por partidos. Isso já poderia ser feito hoje no atual sistema. Talvez já seja feito. Isso poderá ser feito num site oficial, com regras estipuladas em leis. Mas nesse site seriam os próprios candidatos que disponibilizariam o vídeo de sua escolha.

Em que pais voce mora ?

Lembra temos pessoas no meio do nada , que nao tem acesso a internet, limitar a propaganda politica somente na internet 'e deixar as pessoas , os mais pobres pelo menos , longe da informacao e instrucao.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
16/08/13 20:40 em resposta a Diego Rodrigues.
Não penso estar ultrapassado, na realidade é mal usado. A tv é o veículo que atinge a maioria da população, nem todos possuem internet.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
16/08/13 20:43 em resposta a Diego Rodrigues.
Entendo seu alerta Diego, mas deixe eu prosseguir com minhas idéias e aí você continue me criticando depois, por favor, se essas explicações não lhe satisfazerem.

A importância de se criar um site exclusivo para campanha eleitoral é que:

1- É mais uma forma de propaganda eleitoral, não exclui a televisão;

2- Possibilita a criação de regras totalmente igualitárias, pois não há a desculpa de ocupar espaço midiático - já que o espaço virtual é praticamente ilimitado -, nem gasto financeiro - já que seriam irrisórios perto do que se gasta com propaganda televisiva;

3- Não implicaria em cerceamento da quantidade de candidatos e partidos, podendo abarcar a todos, inclusive os avulsos.

__________
Sendo assim, a propaganda televisiva continuará, poderá haver restrição de tempo de TV como você Diego gostaria, mas haveria agora uma nova forma de propaganda partidária totalmente igualitária e sem restrições, que se hoje abarcaria parcela não satisfatória da população, que se hoje não abarca os mais pobres, certamente, no futuro se tornará a forma de propaganda eleitoral mais isenta e adequada aos nossos tempos da Era Digital.

É possível que tenhamos um site oficial nesse sentido. Leis para esse site.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
16/08/13 20:55 em resposta a Tiago Costa.
Olá Tiago, concordo. Meu objetivo foi mesmo tentar relativizar a importância da TV, mas é fato que ela é muito importante hoje. Mas por isso mesmo que uma forma alternativa poderia ser criada. Se todo mundo soubesse da existência de um site oficial, com regras legais, onde os candidatos postariam seus vídeos de campanha de forma igualitária, esse novo veículo midiático de propaganda eleitoral ganharia respeito, acesso e importância.

É algo a ser construído, não existe, e implica a meu ver em:

- SITE GOVERNAMENTAL;
- LEI PARA ESSE SITE;
- IGUALDADE NA FORMA DE DIVULGAÇÃO DOS CANDIDATOS E DIVULGAÇÃO DE TODOS OS CANDIDATOS, SEM RESTRIÇÕES.

É uma idéia incipiente, mas pode ser o futuro da propaganda partidária

Arthur desculpa ser implicante com você , mas eu acho que a internet ja é livre nao precisa de site unificado, fazer um portal hoje é simples e barato cabe no bolso de muitas campanhas se nao de todas , oque poderia ter é uma cartilha padronizada enviada para o eleitor , contendo dados padronizados enviados pelo próprio candidato , contendo aí sites e portais , claro que so funciona com voto distrital e candidatos de partidos os avulsos sao avulsos.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
17/08/13 14:53 em resposta a Diego Rodrigues.
Entendo seu ponto de vista e a idéia da cartilha é boa. Mas veja que uma cartilha demandaria custo por unidade, diferente do site.

Respeito seu ponto de vista, mas o que me faz defender um site oficial é que ele não excluiria outras iniciativas como a que você pensou, outros sites não-oficiais, isto é, outros sites que não são do poder público.

Com isso o domínio que a televisão tem sobre a propaganda, o poder que a TV tem sobre divulgação eleitoral, iria se reduzindo e se relativizando - essa é a intenção.

Hoje a TV é importante, não temos como negar. Mas isso pode mudar muito, se tiver um lugar onde as pessoas saibam que poderão encontrar o vídeo de seu candidatos, talvez documentos, e tudo num site que seria isento, eis que administrado pela Justiça ou órgão a ela subordinado.

As pessoas começariam a acessar esse site, elas saberiam que é lá que poderiam encontrar, de forma isenta, informações sobre todos os candidatos, indiscriminadamente e de forma igualitária.

O que estou propondo, Diego, é a construção de uma espécie de veículo midiático exclusivamente voltado para propaganda eleitoral. Só que isso seria feito por meio de um simples site. O importante não é a complexidade do veículo, mas o fato de várias pessoas saberem que ele existe e poderem acessá-lo.

A TV é mais complexa do que um site, entramos nessas questões de tempo limitado para divulgação eleitoral, quem tem direito a ele. Num site esse problema inexistiria. O máximo que se poderia fazer é discriminar, em algum lugar, bem visível, os candidatos por partidos dos candidatos avulsos. Mas eles teriam o mesmo tempo de divulgação em vídeo (ou um canal como daquele site de vídeos).

E as pessoas que nao tem internet ou que nao querem usar internet (existe) . Poderíamos ter esta cartilha virtual em forma deste site que vc propõe , e o sujeito tem a chance de pedir que entreguem virtual ou impresso. Esse custo pode sair do custo de selos do congresso.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
17/08/13 16:48 em resposta a Diego Rodrigues.
Vi a reportagem sobre os selos do Senado. Eu fico torcendo para que isso seja um grande engano, pois como é possível haver qualquer tipo de envolvimento, no Legislativo Nacional, com corrupção, mesmo que sejam funcionários? Estes ganham muito bem. É impossível que ainda se possa ter corrupção com um salário desse. Sinceramente prefiro duvidar que haja envolvimento de concursados, ainda mais que geralmente não são eles que estão envolvidos com corrupção. Ou foram terceirizados os envolvidos? Não sei. Mas mesmo assim eu duvido que um terceirizado do Legislativo Nacional tenha salário irrisório, o que seria vergonhoso também, perto do salário dos demais. Tomara, sinceramente, que seja apenas um mal entendido.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
17/08/13 16:47 em resposta a Diego Rodrigues.
Creio que se poderia fazer nessa forma impressa também, como você propõe, o que não precisaria ser obrigação do poder público de divulgar, mas só disponibilizar o material para impressão. Qualquer um poderia pegar esse material e divulgar.

Cada candidato teria um espaço idêntico aos demais, nesse folheto ou cartilha. Em sendo demasiado o número de candidatos, faz-se em especial a menção da existência deles (isso no caso de houverem muitas candidaturas avulsas ou candidatos por partidos) E A INFORMAÇÃO SOBRE A EXISTÊNCIA DESSE SITE OFICIAL que proponho, onde as pessoas poderão se informar melhor sobre eles.

Quem não tiver acesso a computador e Internet poderá conseguir com um parente, com um centro comunitário ou com uma lan-house, já que saberá sobre a existência do site, via folhetos e cartilha e mesmo propaganda na televisão avisando sobre a existência do site.

Não é punir o anonimato a solução. Desde que haja um site oficial de propaganda eleitoral administrado pela Justiça, será indiferente que andem falando injúrias e besteiras por aí. Essa é minha opinião. Haverá a opinião oficial dos candidatos que não estarão escondidos no anonimato, nem valendo-se de anônimos. As opiniões oficiais serão valorizadas pelo simples fato de haver um local determinado para divulgação eleitoral.

Como o próprio representante da UNE colocou, é preocupante começar a ficar punindo as opiniões na Internet. Ficar focado e preocupado em puni-las, seja por anonimato, seja por ofensas, é, a meu ver preocupante, e isso sim parece-me um perigo à defesa das liberdades fundamentais. Claro que dentro do aceitável, como o tal representante da UNE apontou.

A CRIAÇÃO DE UM SITE OFICIAL, como tenho colocado, parece algo simples, mas é algo verdadeiramente revolucionário. O simples fato de se ter um local que todos sabem, que todos conhecem, que seria isento e oficial, onde os próprios candidatos disponibilizariam seus vídeos que teriam tempos iguais, quantidades iguais de espaço para divulgação... ou tempos diferentes de acordo com a vontade do candidato, mas espaços do site idênticos... ISSO SIM seria solução, de longo prazo, mas com efeitos imediatos, à nossa dependência ao tempo de TV.

Uma notícia abaixo sobre o debate na Câmara, colocando em foco a opinião em defesa do combate do anonimato virtual e eleitoral.
http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/08/oab-quer-reforma-politica-que-libere-propaganda-eleitoral-na-internet.html

Acho que o caminho não é por aí, mas na criação de um site, como eu falei, tornando a TV algo despiciendo com o passar do tempo, ao menos para fim de propaganda eleitoral.

A coisa boa que vejo desta carrinha seria dar oportunidade a partidos pequenos que tem boas propostas , mas nao tem tempo de TV ou dinheiro para panfletos e tal . Torna a disputa um pouco mais justa.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
17/08/13 21:36 em resposta a Diego Rodrigues.
A idéia é essa também, tornar a disputa mais justa, seja pela possibilidade de se imprimir e distribuir essa cartilha que você propõe a partir desse que seria um site oficial para propaganda eleitoral.

E veja, Diego, o que estou propondo é a coisa mais simples do mundo. Qualquer um de nós poderia criar um blog, agora mesmo, de forma gratuita e rápida. A própria justiça eleitoral poderia (mas não é isso que defendo) criar uma página, em seu próprio site, listando os sites de candidatos ou mesmo os vídeos deles.

Mas acho que o apropriado seria ter um site exclusivo para propaganda eleitoral, sob o olhar e a administração da Justiça. É algo muito simples o que estou propondo. O revolucionário aqui é que as pessoas passem a perceber que existe tal lugar onde seriam feitas as campanhas eleitorais - e elas saberiam de tal lugar por meio de propaganda na TV e por meio de divulgação espontânea das pessoas. Tal como ocorre na TV, os vídeos dos candidatos passariam também nesse site, de forma igualitária, indiscriminadamente para todos os candidatos, e segundo uma lei ou emenda a lei já vigente.

A idéia é muito simples. Criar um site é muito fácil. A "descoberta da pólvora" aqui é o fato de as pessoas se tocarem da existência desse meio de acesserem as propagandas dos candidatos, de todos, em cada eleição. Para que esse local tenha credibilidade é importante que ele seja administrado pela Justiça Eleitoral e seja regulamentado em lei.

Sim com isso poderia diminuir o tempo de propaganda na TV, nao existe necessidade de tanta. Eu daria prioridade apenas aos cargos executivos na TV,indicando que existe outro espaço para se encontrar informações dos candidatos. Cartilha , internet , centros comunitários , claro que isso so funciona com voto facultativo , as informações tem que ser acessível mas nao abusiva. Ou seja o sujeito quer se informar ele sabe onde achar.

RE: Tempo de TV está ultrapassado? TSE divulgar sites ou criar site para to
Resposta
17/08/13 22:30 em resposta a Diego Rodrigues.
Você apontou: "as informações tem que ser acessível mas nao abusiva"

Com certeza! Isso é um assunto muito sério a ser pensado caso se construa um site para propaganda eleitoral. Por mais prático que seja a idéia, muito cuidado terá que ser dado às regras que definirão como essa divulgação eleitoral se dará. Talvez um espaço de bites igualitário para todos os candidatos. Talvez os vídeos deles passado pela tela seguidamente, sem sugerir nenhuma hierarquia entre eles. Talvez um mapa inicial do Brasil e você clica na região e em seguida aparecem os processos eleitorais que estão acontecendo por lá e você escolhe a cidade, o tipo de eleição (se para vereador ou prefeito)... São idéias. Mas a preocupação deve ser a credibilidade deste site, regido por lei e sob administração de poder competente para tanto.

Mais um coisa... Se o tal site fosse apenas para divulgar os sites do candidatos seria mais barato de manter e menos trabalhoso, mas poderia não mudar muita coisa em questão de divulgação eleitoral. Se for funcionar como um divulgador de vídeos e material eleitoral atrairá muitas pessoas a meu ver, quem sabe em escala geométrica com o passar do tempo, mas tal sistema necessitará de um suporte operacional importante, e em relação ao qual não temos como opinar tecnicamente. Mas essas coisas devem ser pensadas pois acredito que a Internet é o caminho.

Talvez fosse possível um projeto experimental tal como está acontecendo com a biometria.